Aulas de Piano

piano 1Mais informações contactar a Escola de Musica Cordas Soltas!

Breves apontamentos sobre características do Instrumento:

No Piano Acústico o som é produzido por peças feitas em madeira e cobertas por um material (geralmente feltro) macio e designado martelos. São ativados através de um teclado, tocam nas cordas esticadas e presas numa estrutura rígida de madeira ou metal. As cordas vibram e produzem o som. Como instrumento de cordas percutidas por mecanismo ativado por um teclado, o piano é semelhante ao clavicórdio e ao cravo. Os três instrumentos diferem no entanto no mecanismo de produção de som. Num cravo as cordas são beliscadas. Num clavicórdio as cordas são batidas por martelos que permanecem em contacto com a corda. No piano o martelo afasta-se da corda imediatamente após tocá-la deixando-a vibrar livremente.

O piano teve a sua primeira referência publicada em 1711, no "Giornale dei Litterati d'Italia" por motivo da sua apresentação em Florença pelo seu inventor Bartolomeo Cristofori. A partir desse momento sucedem-se uma série de aperfeiçoamentos até chegar ao piano atual. Os pianos modernos, embora não se diferenciem dos mais antigos, trazem novos formatos estéticos assim como novos materiais que compõem o instrumento.

Piano Digital

Hoje em dia o Piano digital, tem vindo a revolucionar  a era dos pianos, sendo uma das marcas responsaveis por esse incremento a Yamaha, através da sua tecnologia “Pure CF engine”, que para além do som realista de piano a função aperfeiçoada de ressonância simula a reverberação de um piano de concerto, permitindo um nível mais detalhado de expressão das nuances sonoras. Tem ainda uma resposta de teclas semelhante à de um verdadeiro piano de concerto, tendo uma enorme mais valia, por ter um peso muitissimo baixo comparado com um piano acustico, podendo ser transportado facilmente, e não ter necessidade de afinações.

TOP